Categorias
Turismo

Contra Covid-19, Governo de Goiás cancela temporada em toda extensão do Araguaia

 

Decreto proíbe, a partir de 1º de julho, aglomerações, acampamentos e atrações musicais ao longo do rio, tradicional destino turístico de Goiás durante as férias de julho. Medida se torna imprescindível em face da expansão no número de casos de Covid-19 no Estado, alerta secretário da Saúde, Ismael Alexandrino. Campanha pretende conscientizar sociedade para que evite se deslocar até região

Assessoria do Governo de Goiás 

A temporada de 2020 do Araguaia, tradicional destino turístico das férias de julho, está cancelada a partir de 1º de julho para evitar a expansão da pandemia de Covid-19 em Goiás. Decreto do Governo de Goiás, a partir de consultas a municípios, instituições públicas e entidades representativas da sociedade, proíbe a realização dos acampamentos, eventos como shows musicais, festas, caminhadas ecológicas, passeios ciclísticos, corridas, realização de espetáculos.

Também estão vedados o uso coletivo de beiras de rios, cachoeiras e praias formadas no Rio Araguaia e seus afluentes e a instalação de estruturas temporárias de restaurantes, bares, banheiros, pontos de apoio e quaisquer outras de atendimento a turistas e usuários em praias, beiras de rios e cachoeiras. O decreto foi assinado nesta quarta-feira (10/06) pelo governador Ronaldo Caiado.

O Governo de Goiás contará com o apoio das prefeituras, da Polícia Militar Ambiental, do Corpo de Bombeiros, da Goiás Turismo e da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) na fiscalização das atividades nas regiões próximas ao Araguaia durante o período de proibição. Como as medidas começam a valer no dia 1º de julho, até lá será feita uma campanha de orientação e conscientização junto à sociedade para que evite se deslocar até a região.

O secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, diz que a medida do Governo de Goiás é imprescindível em um momento de franca expansão no número de casos de Covid-19 e de expansão da pandemia para o interior do Estado. “A suspensão da temporada no Rio Araguaia se tornou necessária tendo em vista a preservação da vida e a proteção da saúde dos goianos”, destaca.

O prefeito de Aruanã, Hermano de Carvalho, pediu a colaboração da população. “Vivemos um momento delicadíssimo com essa pandemia que assola o mundo e tem trazido enormes dificuldades a todos”, disse. “Conto com vocês, em nome da vida, em nome da saúde, precisamos da colaboração de todos para que, num futuro próximo, possamos estar juntos novamente. Fiquem em casa”, reafirmou ele.

“As medidas adotadas visam evitar aglomerações e, consequentemente, a disseminação do coronavírus entre os turistas e as populações de ribeirinhos, indígenas e outras comunidades mais vulneráveis”, destaca a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Andréa Vulcanis. “Sabemos que se trata de um evento de grande dimensão cultural para os goianos, mas devemos, sobretudo, persistir e insistir nas ações que visam a defesa irrestrita da vida”, pondera.

*Alerta*
Segundo o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, o decreto dá sustentação jurídica para que o Estado tome decisões sem ferir o direito das pessoas. “Estamos alinhados com o Ministério Público, que recomendou a não realização da temporada do Araguaia e nos questionou sobre as medidas para conter aglomerações”, afirma.

“Levamos em conta, também, a precariedade do sistema de saúde do Vale do Araguaia, o que é bastante preocupante devido ao alto nível de contaminação. O Estado decidiu desestimular a temporada para preservar a vida, sobretudo da população local”, diz.

As medidas de contenção da pandemia preveem multas que podem variar de R$ 1 mil a R$ 500 mil, conforme previsto na Lei Estadual nº 18.102/13 e no Decreto Federal 6514/08.

Dados do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o Novo Coronavírus (COE) apontam que o pico da pandemia deve acontecer entre junho e julho no Estado, justamente o período de maior movimentação de pessoas nos municípios próximos ao Araguaia.

De acordo com o decreto, ficam permitidas as atividades individuais ou unifamiliares, desde que os participantes apresentem atestados médicos de não infecção pela Covid-19 ou atestados de imunização à doença, dos últimos 15 dias, nas barreiras sanitárias que serão montadas nas vias de acesso às cidades inseridas na Bacia do Rio Araguaia.

Os comprovantes poderão ser solicitados a qualquer momento também pelas equipes de fiscalização. O decreto também obriga a utilização de máscaras de proteção e recomenda a desinfecção constante de mãos e superfícies com álcool 70%.

As medidas do Governo de Goiás se baseiam nas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e em estudos científicos que demonstraram que vários tipos de coronavírus, com características semelhantes à Covid-19, se mantém ativos em ambientes naturais de água doce, e se propagam com mais facilidade em locais com água estancada. Além disso, a falta de saneamento básico adequado na região é outro fator de potencial transmissão do vírus.

Categorias
Turismo

Duas maiores festas de rodeio da região canceladas, Expoleste em Barra e Expovale em Água Boa não serão realizadas neste ano

 

Da redação com informações do NX1

As duas maiores festas de rodeio da região foram canceladas, um dia após o cancelamento da 29ª Expovale de Água Boa, anunciada pela comissão organizadora, o Sindicato Rural de Barra do Garças também confirmou o cancelamento da 37ª Expoleste, devido a pandemia do Coronavírus não estava sendo possível a assinatura de contratos pois os artistas temem não ser possível cumprir a agenda.

Com isso a Expoleste retornará em 2021, assim com a expovale em Água Boa, que segundo o Prefeito Mauro Rosa, a decisão foi necessária para conter a propagação do coronavírus no município, e teve o aval de toda a comissão organizadora.

Sobre os show já previamente contratados, Mauro disse que a comissão está trabalhando para tentar manter as mesmas atrações, no entanto, uma nova data precisa ser definida.
“Afirmo que a festa será cancelada e vamos realizar nossa festa em julho de 2021, se Deus quiser, mas ainda sem dia definido.”, finalizou lembrando que não houve nenhum repasse do poder público para a realização da edição deste ano.

Segundo a organização do evento, os ingressos e camarotes já adquiridos serão válidos para a nova data de 2021.

Categorias
Turismo

Rampa náutica do Porto do baé em Barra é fechada como medida de combate a pandemia

Acesso está interditado desde às 7 da manhã desta domingo (10/05)

Da redação com assessoria

A secretaria de turismo e a vigilância sanitária emitiram uma nota informando que a rampa náutica do Porto do Baé,  que dá acesso aos rios Garças e Araguaia, estará fechada a partir das 7 horas da manhã deste domingo por tempo indeterminado.

 

Várias denúncias de aglomerações e uso indevido de barcos, lanchas e jet skis, sem respeitar o decreto do Governo do estado no combate ao Coronavírus.

Lembrando que do lado de Goiás a Praia quarto crescente também está sendo monitorado pela PM e o acesso está interditado, para evitar aglomerações.

 

COMUNICADO

A Secretaria Municipal de Turismo comunica aos proprietários de embarcações, que a partir das 7 horas deste domingo (10), a rampa náutica localizada no Porto do Baé, estará fechada por tempo indeterminado em atendimento às recomendações da Defesa Civil e Vigilância Sanitária dentro das ações de combate a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a Secretaria, denúncias do uso indevido do local por proprietários de barcos, lanchas e jet-ski, tem colaborado para desrespeitar as medidas preventivas tomadas pelos órgãos e promover aglomerações de pessoas, conforme determina o Decreto Estadual editado pelo Governo do Estado para o controle do novo coronavírus.

A Secretaria de Turismo pede a compreensão da população, pois, a medida visa única e exclusivamente, evitar o surgimento de mais casos de Covid-19 em Barra do Garças e Pontal do Araguaia, como vem ocorrendo nos últimos dias. O intuito da decisão é salvar vidas e proteger você de um inimigo invisível e letal.

Secretaria Municipal de Turismo

Categorias
Turismo

Após repercussão negativa nas redes sociais prefeito José Elias bate o martelo: “Não haverá temporada de praia em Aragarças neste ano”

Após repercussão negativa

Da redação

Um post no perfil da página de facebook do Prefeito José Elias nesta sexta-feira (8/05) teve uma repercussão que levou o chefe do executivo municipal a anunciar a não realização da temporada de praia, que ocorre tradicionalmente no mês de julho.

A postagem destacava que a ‘Goiás turismo’ estava avaliando a retomada do turismo em Goiás e incluía no calendário o período das praias que estava aproximando. Em poucos minutos mais de 100 comentários criticaram de.forma bastante incisiva até mesmo o debate em torno do assunto, justamente no momento em que a quantidade de casos na região aumenta de forma drástica, até esta sexta Barra do Garças tinha 18 casos confirmados e Pontal do Araguaia 1, os dois municípios fazem divisa, além da confirmação do primeiro caso em piranhas (86 KM de distância).

Ao verificar a repercussão negativa o Prefeito José Elias antecipou e cancelou de imediato qualquer possibilidade de realização da temporada de praia neste ano.

Zé Elias disse que a sua decisão é irrevogável sobre a temporada até mesmo para tranquilizar a comunidade e turistas. “Seria complicar permitir a temporada pois estaríamos colocando em risco as pessoas que venham curtir a praia do rio Araguaia”, disse.

A decisão do prefeito de cancelar a temporada foi postada imediatamente nas redes sociais sendo qie foi recebida com muitos elogios pelos internautas.

Categorias
Turismo

Justiça cita risco de contaminação em massa e manda fechar parque das Águas Quentes

Folha Max

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República no Município de Barra do Garças (MT), garantiu, mediante liminar concedida pela Justiça Federal, o fechamento do Parque Municipal das Águas Quentes. A medida é necessária no combate ao novo coronavírus. A Prefeitura de Barra do Garças, por meio do Decreto 4.324, havia liberado o funcionamento do parque.

O MPF explica que o decreto publicado pela prefeitura, ao mesmo tempo que veda o acesso a estabelecimentos públicos e privados por pessoas que não estejam utilizando máscaras faciais, autoriza a abertura do parque aquático público, que é o maior ponto turístico da cidade e da região, no qual certamente ficará comprometida a utilização de máscaras durante os banhos. “A decisão de abertura do parque aquático não foi dotada de embasamento técnico que indicasse as condições de segurança de contenção da disseminação do vírus no local”, frisa o MPF.

Nesse sentido, a Justiça Federal reafirma que, embora tenha sido autorizada pelo estado de Mato Grosso a abertura de parques públicos estaduais, a maioria é destinada à prática de trilhas, caminhadas e corridas, razão pela qual se admite o uso de máscara durante todo o período de permanência no local. “O Parque Municipal das Águas Quentes porém, é um parque aquático, com várias piscinas públicas. É fácil deduzir que não é possível o uso de máscara durante todo o período de permanência no parque pelos banhistas”.

Dessa forma, a Prefeitura Municipal de Barra do Garças deverá providenciar imediatamente o fechamento do parque, sob pena de multa diária no valor de R$ 20 mil, no caso de descumprimento, por dia de abertura. Por fim, o MPF esclarece que eventuais casos de contaminação em razão da abertura do Parque Municipal das Águas Quentes implicará na responsabilização dos gestores por ato de improbidade administrativa, além das sanções penais cabíveis.

Categorias
Turismo

Barra do Garças – Parque das Águas Quentes será reaberto nesta terça (28)

Além da exigência do uso de máscara, haverá limitação do número  de frequentadores e horário exclusivo para idosos

Secom-BG

O Parque das Águas Quentes, principal ponto turístico de Barra do Garças, voltará a funcionar nesta terça-feira (28), no entanto, com uma série de medidas de prevenção para evitar a disseminação do coronavírus. O funcionamento será reduzido em duas horas para o trabalho de desinfecção da área de lazer com mais rigor.

Segundo a secretária, o limite de frequência será de 500 pessoas, excedido o limite ninguém poderá entrar a menos que haja a saída de quem já estava lá. O horário também será modificado: das 8 às 10 da manhã será exclusivo para pessoas com 60 anos ou mais, sem comorbidades, sem acompanhantes de outras faixas etárias. Das 10 às 11, o parque será fechado para uma desinfecção rigorosa. Das 11 às 20 horas o parque funciona para pessoas abaixo de 60 anos.

“Lembramos que medidas de segurança não farmacológicas serão adotadas como obrigatórias para quem quiser entrar, como o uso de máscaras mesmo que artesanais e borrifação de mãos com álcool 70%, respeitar as demarcações no chão. Alertamos que várias vezes ao dia o parque terá suas áreas livres descontaminadas com bombeamento de hipoclorito, portanto, desaconselhamos a quem é sensível ou tem alergia ao produto de frequentar o parque neste período de reabertura excepcional. A limpeza de banheiros e áreas de manipulação também terão reforço de limpeza e assepsia e a limpeza das águas das piscinas será feita diariamente no período noturno, como sempre foi feita”, ressaltou Mônica Porto.

A secretária informou ainda que a lanchonete e o restaurante funcionarão com as medidas de prevenção constantes no Decreto Municipal para o setor, e que durante a pandemia, o bar molhado e os toboáguas não irão funcionar.

“São medidas que visam garantir a segurança dos frequentadores. Somente com esses cuidados é que vamos reativar uma das belezas naturais que temos. Solicitamos a colaboração de todos que voltarão a frequentar o parque para seguir as regras de segurança, pois só assim conseguiremos mantê-lo à disposição para combater este momento de estresse, estando ao ar livre e expostos ao sol, sem oferecer riscos à saúde”, disse Mônica Porto.

Categorias
Turismo

Parque da Serra Azul liberado a partir deste sábado (25)

Seguindo o decreto do Governo do Estado de Mato Grosso, a Sema confirmou para este final de semana a liberação  do Parque Estadual da Serra Azul.

Existe porém  algumas recomendações, como a não  permanência  na área  do Parqie e a exigência do uso de máscara  durante o período em que a pessoa estiver nas trilhas, cachoeiras ou na escadaria. É  exigida ainda manter a distância de 1,5 metros entre os frequentadores.

O parque foi interditado no dia 21 de março e o funcionamento será  em caráter  experimental para avaliar o comportamento das pessoas. Além do acesso pela escadaria também  está  liberado o acesso de veículos e também  na cachoeira da usina.

Categorias
Turismo

100 Censura é campeão do Carnaval de Barra do Garças

Bloco levou prêmio de 5 mil

Secom-BG

O bloco 100 Censura se tornou o campeão e faturou o prêmio de R$ 5 mil reais do concurso de blocos realizado pelo Araguaia Folia ‘Meu Bloco na Rua’, promovido pelo Fundo Municipal de Turismo (FUMTUR) com o apoio da Prefeitura Municipal de Barra do Garças. O resultado foi divulgado na noite dessa terça-feira (25), último dia do evento.

O campeão concorreu com outros três blocos e acabou chamando a atenção do corpo de jurados convocado pela Secretaria Municipal de Cultura, responsável pelo julgamento dos quesitos. A disputa foi concorrida, ocorrendo, inclusive, um empate dos blocos que ficaram na terceira colocação.

Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Turismo e apoiado pelas Secretarias de Cultura, Assistência Social, Saúde, Comunicação e demais secretarias do município, o Araguaia Folia chegou ao fim com cinco noites de folia e três matinês, duas para crianças e uma para pessoas da melhor idade. Nas cinco noites e nas matinês, o evento reuniu um grande número de pessoas. A animação ficou por conta da Banda Fonte Luminosa, do Paraná, com 44 anos de tradição no mercado de shows.

Segundo a secretária de Turismo Mônica Porto, o evento conseguiu superar as expectativas. “Foram oito edições sem custo para a Prefeitura. Diante da crise financeira que afeta o país, com reflexos diretos nos municípios, recorremos às parcerias para a realização do carnaval popular que havia sido extinto em Barra do Garças até 2013. O sucesso foi total”, disse.

Mônica fez questão de agradecer o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodovia Federal (PRF), segurança privada e dos comerciantes que se envolveram diretamente na organização do Araguaia Folia. “Além disso, em nome do prefeito Roberto Farias, agradeço à Câmara de Vereadores e a todos os secretários que colaboraram para a realização do carnaval, um evento que não registrou nenhuma ocorrência dentro do recinto do Porto do Baé. O cronograma da administração municipal para 2020 é superar as dificuldades para manter nosso consolidado calendário de eventos turísticos enfrentando as dificuldades e essa etapa foi vencida, com reflexos diretos e indiretos na economia da cidade”, destacou.

Concurso

O concurso de blocos foi uma das atrações do Araguaia Folia. Com quatro inscritos, os jurados convocados pela Secretaria de Cultura, Dionísio Carlos, Wellington Flores, Jéssika Hirata, Marcos Coelho e Nivaldo Correia Neto, tiveram bastante trabalho para julgar os concorrentes e no final, o bloco 100 Censura sagrou-se o campeão com 481 pontos, seguidos do Beija Eu que Eu Beijo Você, com 441 pontos e empatados em terceiro lugar os blocos Brilho Show e Gurizada, ambos com 429 pontos. Pelo regulamento, o critério originalidade foi o quesito para o desempate, ficando o Brilho Show com a terceira colocação.

Categorias
Turismo

8ª edição do Araguaia Folia é sucesso de público em Barra do Garças com lotação máxima todas as noites


Secom-BG

O Araguaia Folia ‘Meu Bloco na Rua’ fez jus ao nome, os blocos foram para a rua com muito samba no pé. Com lotação máxima, o carnaval popular de Barra do Garças reuniu mais de 12 mil pessoas em sua quarta noite, nessa segunda-feira (24). Nesta terça-feira (25), o evento promete muita emoção com a premiação de fantasias na matinê das crianças e à noite a divulgação do resultado do concurso de blocos, que concorrem a R$ 10 mil em premiação.

Segundo a secretária de Turismo, Mônica Porto, o Fundo Municipal de Turismo, com o apoio da Prefeitura, Secretarias de Assistência Social, Saúde, Cultura e Comunicação, conseguiu promover um grande evento sem onerar os cofres públicos. A secretária afirma que o Araguaia Folia já é uma tradição na região Centro-Oeste, atraindo turistas e foliões de várias regiões do pais.

“Mesmo com a crise financeira que levou ao cancelamento de carnavais em vários municípios, Barra do Garças conseguiu levar alegria aos foliões com a 8ª edição do Araguaia Folia. O êxito é de todos que apoiaram o evento e, principalmente, dos blocos e foliões que compareceram para prestigiar o carnaval popular. Mesmo com poucos recursos, para que o evento aconteça com todo o brilho e segurança, o empenho dos servidores da Secretaria de Turismo no funcionamento de toda a estrutura da festa foi fundamental. A Secretaria de Assistência Social não mediu esforços e servidores para realizar as matinês da melhor idade e infantis. A Secretaria de Cultura e seus servidores abraçaram a realização do concurso de blocos e a Secretaria de Comunicação ficou responsável pela cobertura. O envolvimento de todos garantiu o sucesso do evento. No quesito segurança, além da segurança privada, o apoio da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar, da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal garantiram manter o título de ‘Carnaval Segurança Total’, dando tranquilidade ao público que comparece. Os turistas de primeira viagem no nosso carnaval ficam espantados com a sensação de segurança, mesmo em um carnaval lotado. Isto é de suma importância para a repercussão do evento lá fora”, comemora.

Para esta terça-feira, a programação começará um pouco mais cedo no Porto do Baé. Às 17 horas a matinê das crianças com a escolha da melhor fantasia infantil e às 21 horas teremos a última apresentação da Banda Fonte Luminosa do Paraná e o anúncio dos vencedores do concurso de blocos. À meia-noite está previsto o encerramento do Araguaia Folia.

Categorias
Turismo

Com expectativa de reunir 10 mil pessoas, Araguaia Folia começa hoje à noite em Barra do Garças

Estrutura está pronta para receber os foliões no Porto do Baé

Secom-BG

Com um público estimado em 10 mil pessoas por noite, será aberto logo mais, às 22 horas, no Porto do Baé, em Barra do Garças, a 8ª edição do Araguaia Folia ‘Meu Bloco na Rua’. Parte da orla do Baé já foi isolada para garantir a segurança dos foliões que vão participar do eventos até a próxima terça-feira (25).

Para a realização do carnaval popular, o Fundo Municipal de Turismo e a Secretaria Municipal de Turismo montaram uma grande estrutura, com palco, área de circulação, pontos de apoio, sanitários, entre outros. O acesso será monitorado por detectores de metais no acesso ao local reservado para a folia.

A expectativa da Secretaria de Turismo é de lotação máxima todas nas cinco noites, incluindo as três matinês; sábado para o Programa Melhor Idade, da Secretaria Municipal de Assistência Social, e domingo e terça-feira, para a criançada, além do concurso de blocos que vai distribuir R$ 10 mil reais em prêmios para os três primeiros colocados.

“Esperamos um carnaval tranquilo, onde todos possam se divertir e curtir a maior festa popular do país. Pelo oitavo ano Barra do Garças promove o Araguaia Folia, um evento que já virou tradição e sem nenhum custo para o município”, disse a secretária de Turismo Mônica Porto.

A animação das cinco noites de carnaval e as três matinês será da banda Fonte Luminosa, do Paraná, que trouxe a cidade 30 componentes.